Como correu a Visita de Estudo ao Ministério do Ambiente.

Ontem estivemos onde gostamos de estar, nas ruas ao teu lado.

Antes de tudo queremos agradecer a quem nós pagou ontem o almoço, o nosso muito sentido obrigado e também pelos comentários que finalmente começam a surgir durante os nossos live streams que acabam por tornar o nosso trabalho bem mais interessante.

Ontem acompanhamos a Visita de Estudo ao Ministério do Ambiente promovido pela Greve Climática Estudantil naquele que foi o grande ato de desobediência civil no culminar de 2 semanas de Ações Disruptivas – O último inverno do Gás.

A primeira semana ficou marcada com a disrupção nos estabelecimentos de ensino, com bloqueios, concertos, palestras e repressão policial estudantil como há muito não se via em Portugal.

Para a segunda semana estava guardada a disrupção das entidades que nos estão a falhar na luta contra as alterações climáticas, primeiro com uma ação de bloqueio das portas, com estudantes colados, de todos os partidos com assento parlamentar, a exceção do Chega onde deixaram alguns brinquedos para cão, a simbolizar a lealdade do mesmo a industria fóssil e ontem com uma grande ação de desobediência civil anunciada há várias semanas.

Mais uma vez ficou evidente que a repressão policial é cada vez mais uma técnica utilizada pelo poderes instalados contra tudo o que vai contra esses poderes, mesmo em situações como a da crise climática que é referente a todos nós.

Resultado da Visita de Estudo:

“Hoje, 24 das nossas camaradas foram detidas!
11 delas vão ser obrigadas a passar a noite nos “calabouços”.
Amanhã, vão ser presentes a um juiz às 10h no Campus de Justiça.
Vamos estar lá para as apoiar!
Convocamos todas as pessoas para uma vigília e pequeno almoço solidário.
Vamos mostrar que não estão sozinhas!!✊❤️”

Ontem saímos com uma equipa de 3 Ninjas o que nos permitiu para além de fazer o nosso habitual live stream também fazer alguns vídeos e fotos que queremos partilhar convosco.

Infelizmente por motivos de serviço de internet o nosso direto foi caindo e recomeçando o que levou a que em vez de um longo stream termos 7 vídeos que deixamos listados abaixo intercalados com as fotos e vídeos que fomos fazendo ao longo da manhã.

  • No Largo Camões, antes do início da Marcha

Click here to display content from YouTube.
Learn more in YouTube’s privacy policy.

  • início da Marcha

Click here to display content from YouTube.
Learn more in YouTube’s privacy policy.

  • Momento de Revistas aleatórias durante a Marcha

Click here to display content from YouTube.
Learn more in YouTube’s privacy policy.

  • Chegada a Rua do Século e passagem do 1º bloqueio policial.

Click here to display content from YouTube.
Learn more in YouTube’s privacy policy.

  • Em frente ao Ministério antes da Carga Policia

Click here to display content from YouTube.
Learn more in YouTube’s privacy policy.

  • A carga policial que resultou num aluno com a cabeça aberta pela bastonada de um agente de autoridade. A ambulância demorou 40 minutos a chegar para assistir o aluno.

Click here to display content from YouTube.
Learn more in YouTube’s privacy policy.

Click here to display content from YouTube.
Learn more in YouTube’s privacy policy.

  • Caminho para a Vigília em frente a Esquadra do Bairro Alto que acabou com uma detenção.

Click here to display content from YouTube.
Learn more in YouTube’s privacy policy.

  • Vigília na Esquadra do Bairro Alto

Click here to display content from YouTube.
Learn more in YouTube’s privacy policy.

Click here to display content from YouTube.
Learn more in YouTube’s privacy policy.

A partir daqui tudo o que vamos partilhar não é nosso e foi publicado no canal de comunicação da Greve Climática Estudantil no Telegram https://t.me/fimaofossil

Enquanto decorria a marcha e a vígilia outros grupo de estudantes arranjou forma de entrar no Ministério das Infra Estruturas e sentaram-se com os braços presos dentro de tubos.

Depois da polícia acabar com a ocupação do Ministério das Infra Estruturas foi convocada nova vígilia para a Esquadra da Penha de França que durou várias horas sempre com boa disposição.

Declaração final depois da vigília.

Para as conclusões desta visita de estudo deixamos o comunicado feito pela Greve Climática Estudantil.

COMUNICADO: 11 ESTUDANTES AINDA DETIDAS POR PROTESTO PELO FIM AOS FÓSSEIS SÃO HOJE LEVADAS A TRIBUNAL

11 estudantes que ontem se manifestaram pelo fim ao fóssil foram obrigados a pernoitar na esquadra e hoje vão ser levados a tribunal no Campus de justiça

Esta manhã, às 10h, vão ser presentes no Campus da Justiça a um juiz 11 das 24 estudantes detidas ontem em manifestações pelo fim aos combustíveis fósseis. Estas 11 não foram libertas ontem, e a Greve Climática Estudantil de Lisboa foi informada pela polícia de que as estudantes não o seriam até serem presentes a tribunal. 

10 destas estudantes foram constituídas arguidas por desobediência, após fazerem um sit-in no ministério das infraestruturas. A outra foi constituída por resistência ou coação à polícia. As estudantes reivindicavam o fim aos combustíveis fósseis até 2030 e eletricidade 100% renovável e acessível até 2025. “O governo prefere continuar a enviar polícia para reprimir e agora agredir estudantes do que se comprometer a um plano compatível com a ciência para assegurar o nosso futuro”, diz Beatriz Xavier, porta-voz da onda de ações pelo fim aos combustíveis fósseis. 

“Não percebemos qual é a justificação para as manterem na esquadra durante a noite”, continua Beatriz, “normalmente este procedimento apenas se verifica para crimes bem mais graves do que aqueles de que as nossas colegas estão a ser acusadas. Esta parece ser apenas mais uma forma de o sistema nos tentar intimidar. Mas não vão ser bem sucedidos, porque sabemos que estamos a lutar pelas nossas vidas. Estamos do lado certo da história, não podemos parar.”

Foi convocada uma vigília para o Campus da Justiça às 10h, em apoio às estudantes que serão provavelmente finalmente libertas após serem presentes a um juiz. “

Quanto a nós hoje vamos acompanhar a Greve Feminista a partir das 15h00 no Largo do Intendente, se não puderes vir já sabes que podes acompanhar tudo na nossa página de FB ou YT.

A PTrevolutionTV é um projecto auto financiado, se puderes ajudar a cobrir as despesas associadas ao nosso trabalho entra em contacto connosco.

Pela soberania da informação