412148082_667765298855272_2763163338192424113_n

Caminhada pela Serra de Brasfemes, contra a construção de central fotovoltaica

Click here to display content from YouTube.
Learn more in YouTube’s privacy policy.

Caminhada pela Serra de Brasfemes, com a Milvoz.

Contra a construção de central fotovoltaica. Pela salvaguarda dos redutos de biodiversidade da região!

Coimbra, 16/12/2023

Oficina de Luz / Fernando Amaral
409971336_664685569163245_454808112331355248_n-9089333-1024x1024-9773894-8264274

A mobilização contra a construção de uma central fotovoltaica na Serra de Brasfemes, na tarde de ontem, reuniu mais de 50 cidadãos. O coletivo defende que, face a todos os valores naturais, culturais, sociais e paisagísticos associados ao local, esta não é, de todo, a localização adequada para um projeto desta envergadura, colocando em causa todo o património existente.

Milvoz – Associação de Protecção e Conservação da Natureza 
d7c49a_9e5f8f6798294940abe3308c3c602f5fmv2-9621808

Serra de Brasfemes arrasada para central fotovoltaica

Parte da Serra de Brasfemes, área de particular valor biológico e habitat para várias preciosidades botânicas, já foi parcialmente arrasada nos últimos dias. A iniciativa é da CIMPOR e passa pela instalação de uma central fotovoltaica ao longo de 12 hectares da cumeada da serra.

Após os repetidos casos que têm vindo a ser expostos nas últimas semanas, este é apenas mais um exemplo da permissividade da legislação atual à destruição de áreas não classificadas de elevado valor biológico. Esta situação crítica, às portas da cidade de Coimbra, é mais um péssimo exemplo a adicionar aos já vários projetos similares altamente danosos para os ecossistemas bem preservados, à escala regional e nacional.

https://www.milvoz.pt/post/serra-de-brasfemes-arrasada-para-central-fotovoltaica
, ,